E-mail: majanconst@hotmail.com

Dicas De Materiais De Construção E Decoração Para Refrescar Ambientes

Você já teve a sensação de estar em um ambiente mais quente do que deveria? Já entrou em um lugar e o sentiu abafado, como se faltasse uma janela ou um ar-condicionado para gerar uma brisa? Seja em uma casa, escritório ou outras construções, isso é mais comum do que imaginamos.


Mas existem formas de deixar os lugares mais ventilados, e foi pensando nisso que selecionamos dicas para você não sofrer com o calor. Continue acompanhando e confira nossa lista de materiais de construção e itens de decoração que podem ventilar sua casa “dos pés à cabeça”.

Materiais de construção

Para quem vai construir uma casa, nada melhor do que fazer uma boa pesquisa dos melhores materiais e acabamentos. E se você mora em um local onde faz muito calor, é importante se ater a alguns pontos.


Prefira um pé direito maior, por exemplo; ambientes mais altos são mais arejados. Também é interessante apostar na ventilação cruzada para que haja uma melhor circulação do ar, bem como pensar na posição das janelas, que quando ficam ao leste recebem apenas o sol da manhã.

Piso

Mas “ventilar” o ambiente… O que o piso tem a ver com isso? Muito. O piso também pode influenciar na sensação térmica, então é importante pensar na ventilação da casa desde a sua base.


Pisos de madeira e carpete são ótimos para climas frios e para deixar o ambiente mais aconchegante, mas não ajudam quando seu problema é o calor. Para refrescar, invista em pedras frias, como granito e mármore, que não absorvem as temperaturas quentes e deixam o ambiente bem mais agradável. Além disso, porcelanatos e cerâmicas são opções mais baratas e também muito eficientes.

Quer fugir do comum? Você também pode apostar no piso cimentício – e deixar sua casa estilosa com um ar industrial – ou nos coloridos ladrilhos hidráulicos. Ambos são mais frescos de pisar e podem deixar seu ambiente muito bonito.

Parede

As paredes também podem ser aliadas na hora de arejar sua casa. Um truque muito utilizado são as paredes duplas – quando, ao invés de uma, duas paredes são construídas com um espaço entre elas. Assim, o ar absorvido pela primeira parede demora mais a passar para a outra, o que evita que o calor se dissipe para dentro do local.


Uma opção inusitada, barata e muito charmosa são os cobogós, peças vazadas de cerâmica que, além de resistentes, aproveitam a iluminação e ventilação natural do ambiente.
Os cobogós podem ser feitos em diversas cores, tamanhos e formatos, e nós temos opções de vários deles.


Outra forma de deixar sua parede “geladinha” é com azulejos ou pastilhas, que podem ser feitos de diversos materiais e são muito versáteis – na dúvida entre qual escolher? Confira nosso guia com as vantagens e desvantagens de cada um.


Por fim, se você prefere um ambiente mais clean e menos ousado, lembre-se que pintar as paredes com cores claras é sempre uma boa saída para deixá-lo com um ar mais fresco.

Telhado

Chegando ao topo da casa, o telhado é um ponto importantíssimo na ventilação, pois está em contato direto com a iluminação solar. Assim, evite telhas metálicas, de zinco e amianto, que são materiais que aquecem com facilidade.


Quanto mais claro o telhado for, menos quente será a casa – telhados brancos refletem 90% da luz solar e podem reduzir o uso de energia no verão.


Além disso, se for construir uma laje plana, você pode garantir o isolamento térmico e acústico da sua casa com telhados verdes, de argila expandida ou até mesmo telhas do tipo sanduíche, que são econômicas e práticas de instalar.


Uma novidade muito interessante para os sistemas de ventilação de projetos é a hidrocerâmica, material inteligente que responde às condições climáticas – no frio e na chuva, cresce e atua como isolante térmico; no calor, evapora lentamente. Assim, a hidrocerâmica poderia refrescar ambientes em até 6 °C, mas o produto ainda não ganhou aplicações práticas – vamos aguardar, né?

Decoração

Com a casa pronta, chega a hora de decorá-la, e os materiais da sua mobília também podem fazer a diferença na ventilação.


Na hora de escolher o sofá, cortinas e almofadas, dê preferência a tecidos naturais como linho e algodão ou mais nobres como o jacquard com fio de poliéster, que mantém o produto em temperatura agradável.
Iluminação
Um último ponto que pode influenciar bastante na sensação térmica do seu ambiente é a iluminação. Para deixar o ambiente menos abafado, prefira luzes brancas a amarelas, bem como fluorescentes no lugar de incandescentes.


Aliás, escolher bem o tipo de lâmpada que você vai usar também pode fazer diferença para o meio ambiente. Para garantir uma iluminação eficiente, sustentável e, principalmente, fria, o ideal é apostar em lâmpadas LED – conheça nossa lista de 10 motivos que vão te mostrar como investir na tecnologia vale a pena.

2019-09-17 08:58:01